O evangelista Mateus inicia seu registro do ministério e vida de Jesus apresentando sua genealogia. Aparentemente pode parecer uma leitura não muito interessante e irrelevante, talvez você algum momento já tenha pulado as genealogias, mas hoje veremos a graça e misericórdia de Deus através do registro da genealogia de Cristo feito por Mateus.

Mateus estabelece a linhagem de Jesus a partir de Abraão e de Davi (v. 1) identificando-o como o cumprimento das promessas messiânicas feitas pelo Senhor Deus a Israel. Ele é tanto Aquele que abençoaria todas as famílias da terra quanto o que se assentará no trono de Davi.

No entanto, o evangelista Mateus também nos apresenta a graça misericordiosa de Deus, embora os judeus não costumassem incluir mulheres em suas genealogias, encontramos na genealogia de Cristo quatro mulheres: Tamar, Raabe, Bete-Seba e Rute.

Destas, duas eram gentias, Raabe e Rute, e três delas (Raabe, Tamar e Bete-Seba) tiveram suas vidas marcadas por alguma desonra moral. Contudo, ainda assim, entraram na genealogia de Cristo.

Isto nos revela o propósito de Deus em salvar os pecadores através de Jesus Cristo. Mateus registra que o Senhor Jesus seria chamado Emanuel, Deus conosco (v. 23), Aquele que vem ao nosso encontro para nos resgatar de nossos pecados.

Aos olhos humanos aquelas mulheres carregariam a desonra por toda a vida e, se não fosse a misericórdia divina realmente assim seria, mas Deus em Seu infinito amor e graça as insere no plano de salvação.

Não importa o quão terrível é o seu passado, não importa o quão tenebroso são os seus pecados, assim como Deus manifestou sua misericórdia e graça para com aquelas mulheres, Ele também pode manifestar para contigo, basta se arrepender de seus pecados e caminhar junto com o Emanuel, o Deus conosco.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.