A santificação, o processo mais demorado que um cristão pode passar, na realidade, vamos estar em processo de santificação até que Jesus volte ou até morrer.

Muitas vezes olhamos para o conceito de santidade ou santificação e passamos a exigir de nós algo que, na realidade, não é santificação.

Quando Jesus ora pelos discípulos, antes de ser preso no Getsêmani, Ele pede para que Deus os santifique, mas não para que os santifique apenas, o Senhor apresenta o critério da santificação: a verdade.

E, logo em seguida, complementa dizendo “a tua palavra é a verdade”. Talvez eu te espante um pouco, mas não há santificação se não houver a Palavra de Deus.

Se você pensa que está se santificando, mas não está se alimenta da palavra tenho que lhe dizer: você está se enganando. Não há como nos santificarmos se não nos enchermos de Deus, principalmente da Sua Palavra.

Da mesma maneira que uma pessoa não vai chegar a um destino desconhecido se não tiver um mapa ou um GPS, você jamais vai chegar ao céu se não se guiar pela Palavra de Deus.

Jesus é enfático ao pedir para que Deus santificasse seus discípulos pela Palavra, pois é a Palavra que nos ensina, exorta e nos auxilia na caminhada, sem ela não passaremos de simpatizantes do Evangelho e Jesus está à procura de praticantes.

Se você não tem o hábito de ler a Bíblia, acho melhor começar a rever suas prioridades. Sem a Palavra você jamais será santificado e sem santificação ninguém verá a Deus (Hebreus 12:14).

Que Deus lhe abençoe, até amanhã em mais um #LittleDevocional.