Ao encerrar sua carta para o jovem Timóteo o Apóstolo Paulo prevê a proximidade de sua morte, sabia que sua carreira estava chegando ao fim e que agora, mais do que nunca, era a hora de guardar firmemente a fé.

Sabendo que não tinha mais muito tempo de vida o Apóstolo roga para que o jovem pastor fosse ter com ele, alguns de seus cooperadores estavam em outras cidades, Lucas ainda permanecia com ele, mas Demas abandonara a fé amando o presente século.

Encontramos em outras duas referências o indicação do nome de Demas, em Colossenses 4:14 e Filemom v. 24, ele é apresentado pelo Apóstolo como um de seus cooperadores ao lado de Lucas, Marcos e Aristarco.

Talvez o encerramento da carta possa nos soar um pouco melancólica, Paulo está prestes a ser executado por Roma, ninguém havia lhe apoiado em sua defesa, homens lhe causaram grande mal, no entanto, ainda assim seus olhos permaneciam fitos na promessa feita por Cristo e na coroa que lhe estava reservada.

Enquanto Demas colocou tudo à perder por amar os prazeres deste mundo, Paulo amou a coroa da justiça a qual o Senhor Deus tem preparado não apenas para ele, mas para todos aqueles que amarem a Sua vinda.

Pode não ser tão fácil amar e permanecer fiel ao Senhor quando tudo parece conspirar contra a nossa fé, mas leia 2 Timóteo 4:6-22 e inspire-se na fé de Paulo, abandonado por todos, traído por Demas, prejudicado por homens infiéis, mas ainda assim confiante na graça e na misericórdia de Deus.

Que o Senhor lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.