Ao escrever para a Igreja de Éfeso e chamá-los para o arrependimento, o Senhor Jesus declara que para aqueles que vencer.

É impossível não associar o texto de Apocalipse 2:7 com o texto de Gênesis 3:24, no entanto, ao contrário da maldição presente no texto de Gênesis, aqui lemos a grande bênção que aguarda os vencedores em Jesus Cristo.

Após a Queda da raça humana, Deus coloca querubins para evitar que o homem caído tivesse acesso à árvore da vida.

"A palavra hebraica kerubim indica figuras divinamente criadas para servirem como mensageiros da divindade ou como guardiães especiais das coisas sagradas. Em um exemplo eles são mostrados sustentando o trono sobre o qual Deus está assentado. Em outro, foram usados para descrever a terrível inacessibilidade de Jeová" (YATES, Kayle M. Comentário Bíblico Moody)

Mas agora, uma vez regenerados pelo sacrifício de Cristo Jesus, salvos por Seu sangue e perdoados por Deus, aos vencedores está reservada a árvore da vida.

Se a expressão "árvore da vida" é literal ou metafórica/ilustrativa em ambos os textos (Gênesis e Apocalipse) não nos é relevante, pois o que o texto de Apocalipse nos indica é que, ao final da história, Deus irá restaurar toda a Criação.

Tudo aquilo que o pecado destruiu o Senhor irá restituir, a comunhão perdida no Éden será estabelecida por toda a eternidade e a criação corrompida pelo pecado será, de uma vez por todas, livre de toda degradação.

A promessa de Jesus é mais do que a apresentação de um troféu aos vencedores, é um consolo de que tudo ainda permanece no controle de Deus e que, ao fim de tudo, Ele restaurará todas as coisas, tornando-as conforme havia planejado desde o início.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.