Ao anunciar o Evangelho e fazer novos discípulos o Apóstolo Paulo reforça a fé dos irmãos relembrando-os que deveriam padecer por amor ao Senhor Jesus e por amor ao Reino de Deus. Lucas, ao registrar em seu relato, ainda acrescenta que este é um caminho inevitável ao discípulo.

Não há vida cristã sem sofrimento, não há cristianismo sem dor e sem perseguição.

A afirmação não vem de alguém que foi confrontado pelos erros e usou como desculpa a perseguição religiosa para se safar da responsabilidade. Quem declara é o Apóstolo Paulo, momentos antes ele havia sido apedrejado até quase morrer e depois arrastado para fora da cidade (v. 19).

Nossa mente não consegue compreender a profundidade desta afirmação, estamos acostumados com o conforto, com tudo de bom e, quando somos arranhados pelo sofrimento, logo questionamos a Deus.

No entanto, lembre-se de que com "muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus". Não estamos de férias neste mundo, estamos em um campo de batalha, cercados pelo inimigo e enviados para uma missão específica: fazer discípulos.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.