Paulo lembra os efésios que eles estavam mortos em seus próprios pecados (v. 1), mas Deus, por sua infinita graça, os vivificou em Cristo. Antes eles andavam segundo o mundo e seus prazeres, estavam mortos, mas agora foram ressuscitados por Ele.

A salvação, por ser fruto da graça de Deus, não é um prêmio que conquistamos, o qual nos gloriamos. Somos salvos exclusivamente pela graça, não há méritos, não há obras, apenas a fé em Cristo Jesus.

O objetivo de Deus ao nos vivificar em Cristo e nos libertar da escravidão do pecado é nos tornar capazes para caminhar nas boas obras que Ele mesmo nos preparou. Muitos enxergam a graça como se Deus estivesse liberando tudo, mas não!

Deus não nos salvou para que vivêssemos nossa própria vontade, mas para que a vontade dEle seja cumprida em nós. Agora somos capazes de andar nas boas obras que antes, quando estávamos mortos em pecados, pareciam desprezíveis.

Deus nos salva de nossa própria vontade pecaminosa e nos capacita para viver a Sua santa vontade. Não somos salvos pelas boas obras, mas somos salvos para as boas obras.

Hey, as boas obras que você pratica não é fruto de seu bom coração, ou de sua própria vontade, mas sim fruto da salvação derramada sobre sua vida e da vontade de Deus sendo cumprida em você. Por isso não há motivos para se gloriar, pois tudo provém dEle!

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.