Ao escrever sobre o amor a Deus e o amor ao próximo o Apóstolo João nos apresenta a realidade caída do homem e a sua incapacidade de desejar a Deus sem que o Senhor venha primeiro em sua direção.

Não demos o primeiro passo, não fomos nós que amamos a Deus em primeiro lugar. As Escrituras nos revela que o homem natural está morto em seus delitos e pecados (Efésios 2:5) e, sem que o Santo Espírito ilumine nosso coração, continuaremos em ódio e rebelião contra Deus.

A primeira coisa que Adão fez, depois de pecar, foi se afastar de Deus, acusa-lo por ter lhe dado a mulher. Esse é o retrato do homem longe do Senhor.

Por isso o Apóstolo João declara que nós só somos capazes de amar a Deus porque Ele nos amou primeiro, enviou Jesus, pagou o preço da nossa transgressão e, com seu Espírito Santo, nos liberta da escravidão do pecado e da corrupção da alma.

Só o amamos porque Ele em sua infinita graça e misericórdia decidiu nos amar e, se queremos nos orgulhar de algo que nos orgulhemos de Jesus, Aquele que, através de Sua morte, nos permitiu amar a Deus.

Que o Senhor lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.