Ao escrever sobre o fato de que nossos corpos são membros de Cristo o Apóstolo Paulo encerra chamando os irmãos da Igreja de Corinto para que, em seus corpos, o Senhor fosse glorificado.

Quando compreendemos que fomos comprados por Deus, não com ouro ou prata, mas como escreve o Apóstolo Pedro, com sangue (1 Pedro 1.18-19), passamos a entender que agora nosso corpo pertence ao Senhor e é a Sua Vontade que deve imperar em nós.

O argumento que Paulo utiliza logo no início do versículo, “Porque fostes comprados”, nos apresenta a conclusão do raciocínio apresentado no versículo anterior, em especial no final do versículo: “... não sois de vós mesmos...”

Ao derramar Seu próprio sangue na cruz do Calvário, o Senhor Jesus comprou para si homens e mulheres que antes estavam sob o poder das trevas, mas agora estão no Reino da Luz.

Isso significa que temos a quem responder por nossas ações. A graça de Deus manifesta em Jesus não é, como muitos pensam, uma carta branca para fazermos aquilo que quisermos, mas é Deus comprando pecadores para si através do sangue de Jesus Cristo.

Com esse conceito em mente o Apóstolo Paulo concluí que a nossa responsabilidade é, em nosso corpo e espírito, glorificar a Deus. Tudo o que pensamos, desejamos, falamos e fazemos devem glorificar a Deus.

Hey, você não pertence a si mesmo mais, Cristo te comprou com preço de sangue, agora a totalidade de sua vida pertence a Deus, por isso glorifique o nome dEle em não se entregue às suas próprias paixões!

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.