Estamos há algumas semanas sem nenhuma atualização no Little Son, tirei esse tempo para repensar algumas coisas referentes ao projeto Little Son e, acredito, que já está na hora de anunciar algumas alterações importantes.

Por mais que os diversos subprojetos do Little Son (devocionais, materiais para download, estudos, ilustrações, etc.) tenha tornado o projeto bastante diversificado em conteúdo, também o tornou extremamente pesado para o manter sempre atualizado (não estamos falando de uma equipe responsável por tudo, mas de uma pessoa só).

E, mesmo que publicasse mais e mais conteúdo, nosso alcance sempre parecia estar indo na direção oposta. O que, várias vezes, me levou a refletir se realmente valia a pena tanto esforço.

Mas, após refletir um pouco, acredito ter encontrado o melhor caminho, tanto para mim, como produtor de conteúdo, quanto para você, seguidor(a) do Little Son.

Um pouco sobre algoritmos

Talvez a grande maioria de vocês, que nos acompanha, não compreenda precisamente como os algoritmos das redes sociais funcionam e, para que você possa compreender as mudanças que iremos realizar no projeto, é necessário explicar um pouco sobre.

Basicamente todas as redes sociais possuem algoritmos, trechos de código, que analisam seu comportamento dentro da rede, desde quais publicações você curtiu, comentou ou compartilhou, até mesmo em qual ponto do feed você parou para observar algum post (mesmo que nem sequer tenha interagido com ele) e quanto tempo você ficou parado nele.

A partir de suas interações com o conteúdo publicado as redes sociais são capazes de construir seu perfil e, com base nele, passam a lhe recomendar conteúdos e páginas/perfis relacionados às suas áreas de interesse.

Pois bem, qual a relação de tudo isso com a pausa e a reformulação do projeto Little Son?

O Little Son, nesses últimos sete anos, cresceu a partir de um público específico, que em sua grande maioria foi atraído pelas nossas ilustrações e mensagens rápidas.

No entanto, à medida que o projeto crescia, tivemos a ideia de iniciar subprojetos como o #LittleDevocional, Estudos Bíblicos e outros conteúdos mais extensos como uma tentativa de fornecer mais subsídios e recursos para a fé de nossos seguidores.

Percebeu o problema? Por mais que nossa intenção fosse boa e tivesse como objetivo fortalecer a fé de nossos seguidores com conteúdo relevante, o público que havia sido atraído para o projeto Little Son não era mais compatível com o conteúdo que publicávamos e, desta forma, o engajamento de nossas publicações caiu terrivelmente (E quando falo terrivelmente me refiro à cerca de 1% do total de seguidores no Facebook, por exemplo).

E, para o algoritmo, quanto menos interação uma publicação possuí menos relevante ela é dentro da rede e, por consequência, menos alcance nossos conteúdos passaram a ter como um todo.

Isso significa que estamos negociando nossos princípios em troca de alcance e curtidas? Não, pelo contrário.

Então o que muda daqui pra frente?

Daqui em diante iremos fragmentar alguns subprojetos do Little Son e retornar à estrutura inicial.

#LittleDevocional: não iremos mais publicar os devocionais dentro do projeto Little Son. Isso não significa que deixaremos de escrever nossos devocionais, mas daqui em diante eles serão publicados no Novas de Cada Manhã.

#LittleDevocional no WhatsApp: continuaremos enviando nossos devocionais pelo WhatsApp, mas daqui em diante os devocionais serão vinculados ao projeto Novas de Cada Manhã.

Estudos Bíblicos: assim como os devocionais diários, iremos encerrar os estudos bíblicos do Little Son. Mas se você tem interesse em estudos teológicos, ou estudos de textos bíblicos versículo a versículo, passaremos a publicá-los regularmente no TEOleigo.

Biblioteca Little Son: manteremos a Biblioteca Little Son dentro do projeto, mas reduziremos a frequência de atualização dos materiais gratuitos, passaremos de atualizações semanais para atualizações quinzenais.

LittleBOX: não iremos reiniciar o projeto LittleBOX (planos de leitura bíblica, devocionais e recursos para desenvolvimento da fé em comunidade) dentro do Little Son. Muito provavelmente, republicaremos os devocionais do Salmo 119 (que publicamos em 2019 como um piloto) no Novas de Cada Manhã e os estudos no TEOleigo.

Conclusão

Você pode se perguntar se ao fragmentarmos o conteúdo não estaremos aumentando a carga de trabalho e comprometendo a frequência nas publicações como um todo.

Na realidade não, estarei mantendo a mesma quantidade de conteúdo que já era publicado apenas no Little Son, mas agora eles estarão segmentados em projetos separados e, consequentemente, terão públicos segmentados.

Desta forma o público que se interessa nas ilustrações do Little Son irão receber apenas as ilustrações, assim como o público que se interessa por devocionais ou por estudos bíblicos mais extensos receberão apenas estes conteúdos.

Que Deus lhes abençoe.