O último capítulo do livro de Daniel se dedica à anunciar, brevemente, os últimos dias, o fim dos tempos e a promessa feita pelo Senhor aos que nEle confiam.

O profeta registra em sua profecia a declaração de que próximo do fim haverá um tempo de angústia como nunca antes houve sobre a face da Terra, mas que aqueles que forem achados no livro serão livres e guardados pela mão do Senhor (v. 1).

Ele segue dizendo que os mortos serão ressurretos,uns para a vida eterna e outros para a vergonha e desprezo eternos (v. 2) e então afirma que aqueles que se dedicaram em servir ao Senhor e proclamar a Sua justiça resplandecerão como as estrelas.

A profecia de Daniel fornece esperança ao nos relembrar que para além da angústia e do sofrimento há a eternidade de glória e paz ao lado do Senhor, além do horizonte de incertezas políticas, sociais e econômicas há um Deus que não perdeu o controle da história e, no Seu tempo, se levantará para julgar aos vivos e mortos.

Em nossa limitação facilmente somos tomados por angústia, desespero e desesperança, mas não permita que seu coração se abale com as incertezas da vida, permaneça fiel ao Senhor na certeza de que um dia os justos resplandecerão a glória e a justiça do Eterno para todo o sempre.

Que Deus lhe abençoe e até segunda em mais um #LittleDevocional.