Segue-me tu

“Disse-lhe Jesus: Se eu quero que ele fique até que eu venha, que te importa a ti? Segue-me tu” — João 21:22

📖 Medite

Pouco antes de encerrar seu evangelho, o Apóstolo João registra as últimas aparições de Jesus. Este verso em especial está inserido num contexto de uma pescaria fracassada, tal como aquela na qual Jesus chamou seus primeiros discípulos três anos antes.

Os apóstolos haviam passado a noite toda pescando, entretanto, não pegaram nenhum peixe. Logo pela manhã a voz do Mestre ecoa pela praia quieta direcionando aqueles homens cansados sobre onde deveriam lançar as redes.

Três anos depois da pesca maravilhosa, o Mestre novamente supre as necessidades daqueles discípulos, reafirma seu chamado, reanima Pedro e o chama para o ministério pastoral.

O que me chama a atenção, entretanto, é os eventos seguintes ao chamado de Pedro. Jesus restaura seu discípulo, o reanima para o discipulado e profetiza acerca de sua morte. Mas ao ser questionado sobre o que aconteceria com João, Jesus responde a Pedro com uma verdade extremamente importante, mas que nós, muitas vezes, ignoramos.

Diante da curiosidade de Pedro o Senhor Jesus não se dá ao trabalho de respondê-lo, ao contrário, Ele reitera seu chamado: “Segue-me tu”.

O chamado de Deus para a minha vida é único e individual, Ele trabalha no coletivo, no corpo, através da comunidade de fé, mas para cada discípulo o Mestre tem um plano, tem um propósito.

Nem todos serão pastores, nem todos serão pregadores, mestres da palavra, evangelistas ou missionários, nem todos serão homens como John Wesley, Billy Graham ou Leonard Ravenhill.

Muitos serão cristãos no ordinário, na vida comum, no dia a dia, no entanto, isso em nada diminuí o chamado feito pelo Mestre.

Muitas vezes agimos como Pedro, recebemos o nosso chamado, somos encarregados de cumprir o propósito de Deus, mas paramos para ficar questionando o que será do outro.

Gastamos e perdemos tempo querendo comparar o agir de Deus na minha vida e na vida do outro.

Jesus declara “segue-me tu”. Imagine se Pedro, ao invés de obedecer a voz do Mestre, tivesse parado tudo apenas para ficar observando o que aconteceria com o Apóstolo João?!

E por qual motivo então paralisamos nossas vidas para ficar nos comparando com os outros? Hoje Jesus lhe chama e não deixe que nada lhe impeça de cumprir esse chamado e de executar a obra que Ele tem colocado em suas mãos.

🙏🏻 Ore

Pai, oro a ti lhe pedindo que me auxilie a viver o chamado e o propósito que tu tens para mim. Não permita que meu coração caia no engano de ficar me comparando com os outros. Ajude-me a olhar somente para ti, pois somente desta forma serei capaz de glorificar o teu santo nome em minha vida. Assim eu te peço, no nome de teu filho Jesus, amém.