Ao observarem que os discípulos de Jesus comiam sem lavarem as mãos, os fariseus logo questionaram este comportamento insinuando que estavam violando os mandamentos.

Como meditamos no #LittleDevocional 243, o que os fariseus afirmavam não era que o comer sem lavar as mãos contaminava o corpo físico, mas sim o espiritual. Jesus os censura afirmando que, ao contrário do que pensavam, eles estavam apenas ensinando mandamentos humanos.

E isso nos serve de alerta, o Mestre afirma que ao contrário do que pensavam os fariseus não o honravam de verdade. Pensavam que estavam honrando a Deus com seus ritos e seus preceitos e dogmas, mas na realidade tudo o que faziam desagradavam o coração do Senhor.

Diante disso devemos refletir: será que estamos honrando ao Senhor? Será que estamos, realmente, agradando o Seu coração? Ou será que estamos apenas ensinando doutrinas que são mandamentos de homens?

É importante fazermos uma observação: há uma longa diferença entre o estudo teológico centrado nas Escrituras, que aponta o que a Palavra de Deus nos afirma e nos direciona para o centro da Vontade do Senhor, e os dogmas humanos que não tem respaldo algum na Palavra de Deus.

Assim como os fariseus dos tempos de Jesus, há muitos homens que afirmam ensinar e honrar a Palavra do Senhor, mas negam as Escrituras com seu próprio ensino. Leia os versículos seguintes e você perceberá que, enquanto a Lei do Senhor ordenava que os filhos honrassem pai e mãe, os fariseus afirmavam que poderiam desonra-los se o propósito fosse para adorar a Deus.

Não seja como os fariseus, não coloque os preceitos humanos acima das Escrituras, não honre a Deus em vão. Preze pela pureza do Evangelho e pela suficiência da Graça e dos Méritos de Jesus Cristo.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.