Embora o contexto do capítulo trinta e três escrito pelo profeta Isaías se refira à um povo específico em uma circunstância especifica podemos, de alguma maneira, enxergar nele uma referência para como devemos agir hoje, em tempos de angústia e medo.

O profeta apresenta um cenário de desolação, os mensageiros de paz estão chorando (v. 7), não há ninguém nas estradas (v. 8), as nações se curvam (v. 9) e todas as suas forças são como palha (v. 11).

Mas, em meio à angústia e à desolação, o profeta declara que o Senhor se levantará e será exaltado e todos aqueles que andam em justiça e santidade encontrarão descanso e repouso nEle. Pois dEle provém a salvação, a justiça e todo o auxílio (v. 22).

Mesmo em meio ao caos descanse no Senhor, ao contrário de nós Ele não se abateu, suas forças não entraram em recessão, sua vontade soberana não está de quarentena. Ele ainda continua, soberanamente, no controle de tudo e tudo acontecerá conforme a Sua vontade.

Apenas descanse e confie nEle, habite em Sua sombra, "porque o povo que habitar nela será absolvido da sua iniquidade" (v. 24).

Que o Senhor lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.