O evangelista Mateus após registrar a cura de um homem que tinha uma das mãos ressecadas e após confrontar o sistema religioso e sua ausência de misericórdia declara que Ele veio para cumprir o que havia sido predito pelos profetas.

O ministério de Jesus seria pacifico, Ele não iria contender, nem clamar ou gritar pelas ruas (v. 19), Seu objetivo não era os holofotes do mundo, as discussões nas praças (como era costume acontecer nos tempos do Novo Testamento, leia Atos 17:19-34), mas sim a alma e o coração dos perdidos.

Cristo veio para fortalecer aquele cuja a chama já estava apagando, para dar vigor ao que já não tinha nenhum vigor e para oferecer esperança aos gentios.

Pelo sacrifício de Cristo nós, gentios que não tínhamos acesso direto à promessa de Deus, agora fomos abraçados por Ele e em Seu Nome podemos depositar nossas esperanças.

Quando olhamos para a crueldade deste mundo, para a corrupção e injustiças podemos ser tomados por um sentimento de desesperança, desilusão e, se não há Deus, vivemos sem esperança num mundo cruel e sem sentido.

Mas no nome de Jesus podemos depositar nossa esperança, nEle podemos esperar, não importa o quão escura é a noite, somente Ele pode dar sentido à nossa existência e descanso às nossas almas.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.