O salmista levanta seus olhos para os montes em busca de socorro, sua alma estava aflita e sua mente não encontrava naquele vale nenhuma solução para seus problemas.

No entanto, mesmo em meio às trevas e à angústia de não encontrar solução ou auxílio terreno o salmista descansa na certeza de que o Senhor o auxiliará.

Não são nossas riquezas, nossa força, nosso conhecimento, amigos, familiares ou qualquer outra coisa terrena que nos socorrerá em momentos de adversidades.

O salmista sabia que ninguém seria capaz de lhe auxiliar nos momentos de tribulação, exceto o Senhor.

Ele jamais dorme (v. 4) e Seu desejo é que nenhum de seus filhos se perca (v. 3). Sua poderosa mão guarda não apenas seus servos neste mundo, mas continuará guardando-os por toda eternidade (v. 7).

Mesmo estando no vale, olhando para os altos montes que o cercava, o salmista sabia que os olhos do Senhor estavam atenciosamente sobre ele e que, por isso, ele podia descansar.

Hey, o seu socorro vem do Senhor, não vem de homens, apenas espere e confie nEle.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.