Ao tratar sobre a postura que o cristão deve ter em vida e a forma como reage aos males que surgem em seu caminho (v. 8-10) o Apóstolo Pedro nos chama para afastarmos do mal e seguir o caminho da paz e da pratica do bem.

E a motivação para assim agirmos é apresentada no versículo seguinte "Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos [...] mas o rosto do Senhor é contra os que fazem males". O Altíssimo contempla tudo e todos, seus olhos não vacilam e sua atenção nunca perde o foco.

Assim como o ímpio pode ter certeza de que Deus contempla sua impiedade e, por isso, se levantará para julgá-la, o justo pode descansar na certeza de que os olhos amorosos de Deus estão lhe contemplando.

Ao mesmo tempo que esta certeza deve nos fazer caminhar em santidade e devoção a Deus, ela também deve se tornar um refrigério para nossa alma em tempos de angústia. Por mais densa que seja a escuridão, Deus nos vê e o Seus ouvidos estão atentos às nossas orações.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.