Diante da promessa do nascimento do Messias o profeta Isaías vislumbra um horizonte de esperança, as trevas seriam dispersas e a luz da salvação brilharia sobre os homens.

A profecia tem como destinatário imediato as regiões da Galiléia que, ao se submeterem ao jugo da Assíria, se tornaram desprezíveis [1]. Mas, agora, com a promessa do advento do Messias, seriam tomadas pela glória de Deus e pela salvação do Senhor.

Mas o profeta Isaías não se limita aos homens da Galileia, logo no versículo seguinte ele escreve "Tu multiplicaste este povo, a alegria lhe aumentaste..." (v. 3).

Assim como os galileus, eu e você estávamos em trevas, andávamos debaixo da sombra da morte, porém em Cristo a luz de Deus resplandeceu em nossos corações, fomos retirados do desprezo e da condenação e colocados debaixo da gloriosa luz do Messias.

Por isso "todos se alegrarão perante [o Senhor], como se alegram na ceifa e como exultam quando se repartem os despojos" (v. 3). Alegre-se em Deus, pois andávamos debaixo das trevas, mas agora, pela misericórdia do Senhor, a luz raiou.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.