Toda vez que falamos sobre Jó ou lembramos de seu relato bíblico normalmente tratamos sobre seu sofrimento, sua paciência ou sobre o auxílio de Deus. Mas no devocional de hoje iremos meditar na declaração que o Senhor faz sobre seu servo.

O próprio Deus dá testemunho, destacando quatro características de Jó que o tornava distinto entre os demais homens de sua geração. Ele era sincero, reto, temia ao Senhor e se desviava do mal.

Quando ninguém mais o via, Jó ainda permanecia fiel ao Senhor, era sincero, íntegro em sua fé. Sua fidelidade também se manifestava em sua vida pública, diante dos homens. Jó permanecia firme em suas convicções indiferente do que era aceito ou não pela sociedade. Seu compromisso era com Deus e não com os princípios morais do mundo.

Em seu coração Jó temia ao Senhor e seus pés se desviavam voluntária e deliberadamente do mal e do pecado.

Todas essas características o tornava completamente distinto de todos os homens de sua geração. O próprio Deus declara "ninguém há na terra semelhante a ele".

Jó não era um super-homem ou alguém diferente de mim ou de você. Talvez a única diferença entre nós e ele seja a disposição de seu coração em honrar e glorificar a Deus acima de todas as coisas.

Mas isso não significa que não podemos ser como Jó, na realidade, ele é um incentivo para mim e para você. Assim como ele negou as paixões de seu tempo, permaneceu firme em suas convicções e lutou para manter sua santidade, também podemos fazê-lo hoje.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.