Próximo ao fim de sua carta aos romanos o Apóstolo Paulo lembra seus irmãos na fé que a salvação deles estava mais próxima agora do que no dia que eles aceitaram a fé (v. 11) e, sabendo disso, ele convoca a todos para rejeitarem as obras das trevas.

Que estamos nos últimos momentos da Igreja neste mundo não nos resta dúvidas, basta olhar por alguns momentos para o nosso redor e veremos quão caótica está nossa sociedade.

E hoje, mais do que nos dias da Igreja Primitiva, devemos prestar atenção nas palavras do Apóstolo Paulo.

A glorificação de nosso corpo está cada vez mais próxima, o dia em que veremos Jesus face a face se aproxima cada vez mais e, por este motivo, devemos abandonar tudo aquilo que é das trevas, tudo aquilo que nos afasta de Deus e, como Paulo nos declara, devemos nos vestir das armas da luz (v. 12).

Devemos estar nos enchendo de Jesus, nos revestindo dEle e, em momento algum, dar lugar às vontades da carne. Paulo sabia que os romanos só seriam bem-sucedidos em sua vida espiritual e na luta contra o pecado se, antes de resistirem à concupiscência, eles estivessem cheios de Jesus Cristo.

Não tente lutar contra o pecado sozinho, você não irá conseguir, pois nossa natureza é tendenciada ao pecado, você precisa do auxílio de Cristo, da pureza e da graça dEle, por isso, antes de lutar contra o pecado, se encha do Senhor, revista-se dEle e o próprio Cristo lhe concederá todas as armas e ferramentas para esta batalha.

Hey, lembre-se que a nossa salvação está mais próxima agora, por isso não se iluda com os prazeres passageiros deste mundo.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.