Ao tratar sobre a salvação e justificação pela fé o Apóstolo Paulo concluí que todos aqueles que foram feitos filhos de Deus se tornam parte de um só povo, o povo da promessa (v. 29).

Pensar neste conceito de unidade ainda soa bem estranho aos nossos ouvidos, principalmente em uma sociedade terrivelmente polarizada como a que temos visto em nosso país. E arrisco dizer que o que Paulo declara soa, talvez, até como uma afronta para muitos de nós.

Somos feitos participantes de Seu Reino não por nossos méritos, qualidades, aptidões pessoais ou qualquer outra compreensão que tenhamos sobre o mundo, somos justificados única e exclusivamente pela obra e pelo mérito de Cristo.

E, uma vez nEle, não há nada em mim ou em você que nos torne distintos, não há rico, pobre, negro, branco, homem ou mulher, todos somos um em Cristo Jesus.

Reflita um pouco sobre isso e perceba que, se estamos falhando nesta unidade apresentada pelo Apóstolo, é porque talvez ainda estamos nos firmando em nós mesmos e em nossos méritos e não em Cristo Jesus e nos méritos dEle.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.